Tendinite no Infraespinhal – Massoterapia Hishinuma

homen com dor no ombro

O que é a tendinite no infraespinhal?

A tendinite no infraespinhal é uma condição dolorosa que afeta o ombro. Ela ocorre quando o tendão do músculo infraespinhal, localizado na parte de trás do ombro, fica inflamado devido a lesões repetitivas ou movimentos inadequados.

Quais estruturas são afetadas?

A tendinite no infraespinhal afeta o tendão do músculo infraespinhal, que está localizado na parte posterior do ombro. Esse tendão é responsável por estabilizar e movimentar o ombro, permitindo rotação externa do braço.

O que causa a tendinite no infraespinhal?

A tendinite no infraespinhal pode ser causada por diversos fatores, como movimentos repetitivos do ombro, lesões traumáticas, postura inadequada, falta de alongamento e enfraquecimento dos músculos do ombro. Atividades que exigem movimentos repetitivos, como arremessar uma bola ou levantar pesos, podem aumentar o risco de desenvolver essa condição.

Como identificar a tendinite no infraespinhal?

A identificação da tendinite no infraespinhal pode ser feita através de exames físicos realizados por um profissional de saúde, como um médico ortopedista. O médico irá avaliar os sintomas relatados pelo paciente, realizar testes de movimento do ombro e, se necessário, solicitar exames de imagem, como radiografias ou ressonância magnética.

Sinais e sintomas da tendinite no infraespinhal

Os sinais e sintomas mais comuns da tendinite no infraespinhal incluem dor no ombro, especialmente durante a rotação externa do braço, fraqueza muscular, dificuldade em levantar objetos pesados e rigidez no ombro. A dor pode ser aguda ou crônica e piorar com o movimento.

Como reduzir as dores da tendinite no infraespinhal?

A massoterapia é uma opção eficaz para reduzir as dores da tendinite no infraespinhal. Através da massagem terapêutica, é possível aliviar a tensão muscular, melhorar a circulação sanguínea na região afetada e promover a recuperação dos tecidos.

Além da massagem terapêutica, outras medidas que podem ajudar a reduzir as dores da tendinite no infraespinhal incluem:

  • Repouso e evitar atividades que agravem a dor;
  • Aplicação de compressas de gelo na região afetada;
  • Realização de exercícios de fortalecimento e alongamento dos músculos do ombro;
  • Uso de medicamentos anti-inflamatórios, sob orientação médica;
  • Adoção de uma postura correta no dia a dia;
  • Realização de fisioterapia, quando indicada pelo médico.

Resumo

A tendinite no infraespinhal é uma condição dolorosa que afeta o tendão do músculo infraespinhal, localizado na parte de trás do ombro. Ela pode ser causada por movimentos repetitivos, lesões traumáticas e postura inadequada. Os principais sintomas são dor no ombro, fraqueza muscular e dificuldade em levantar objetos pesados. A massoterapia, aliada a outras medidas como repouso, aplicação de gelo e exercícios de fortalecimento, pode ajudar a reduzir as dores e promover a recuperação dos tecidos.

Se você está sofrendo com dores no ombro, é importante buscar a orientação de um profissional de saúde, como um médico ortopedista, para um diagnóstico correto e indicação do tratamento mais adequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para aprimorar a escolha das informações que são mais importantes para você.