Bursite Subacromial – Massoterapia Hishinuma

mulher idosa com dor no ombro bursite

O que é a Bursite Subacromial?

A bursite subacromial é uma condição inflamatória que afeta a bursa subacromial, uma pequena bolsa cheia de líquido localizada entre o osso do ombro e o tendão do músculo supraespinhal. Essa bursa tem a função de reduzir o atrito entre essas estruturas durante o movimento do ombro.

Quais estruturas são afetadas pela Bursite Subacromial?

A bursite subacromial afeta diretamente a bursa subacromial, mas também pode causar inflamação nos tendões dos músculos do manguito rotador, especialmente no tendão do músculo supraespinhal.

O que causa a Bursite Subacromial?

A bursite subacromial pode ser causada por diversos fatores, como movimentos repetitivos do ombro, lesões, envelhecimento, postura inadequada, atividades esportivas intensas ou até mesmo por infecções. O uso excessivo do ombro, especialmente em atividades que envolvem movimentos repetitivos, pode levar ao desgaste da bursa e ao surgimento da inflamação.

Como identificar a Bursite Subacromial?

A identificação da bursite subacromial requer uma avaliação médica especializada. O médico realizará um exame físico detalhado, avaliando a amplitude de movimento do ombro, a presença de dor e a sensibilidade na região afetada. Além disso, exames de imagem, como radiografias e ressonância magnética, podem ser solicitados para confirmar o diagnóstico e descartar outras possíveis lesões.

Sinais e sintomas da Bursite Subacromial

Os sinais e sintomas mais comuns da bursite subacromial incluem dor no ombro, dificuldade em movimentar o braço, sensibilidade ao toque, inchaço e até mesmo a limitação da amplitude de movimento. Esses sintomas podem variar de intensidade e podem piorar durante a noite ou ao realizar determinados movimentos.

Como reduzir as dores da Bursite Subacromial?

A massagem terapêutica pode ser uma opção eficaz para aliviar as dores causadas pela bursite subacromial. Através de técnicas específicas, a massagem terapêutica pode ajudar a reduzir a inflamação, relaxar a musculatura ao redor do ombro e melhorar a circulação sanguínea na região afetada.

Além da massagem terapêutica, outras medidas que podem ser adotadas para reduzir as dores da bursite subacromial incluem:

  • Repouso e evitar movimentos que causem dor;
  • Aplicação de compressas frias ou quentes na região afetada;
  • Uso de medicamentos anti-inflamatórios prescritos pelo médico;
  • Realização de exercícios de fortalecimento e alongamento sob orientação de um fisioterapeuta;
  • Correção da postura e adoção de ergonomia adequada no trabalho;
  • Evitar atividades que sobrecarreguem o ombro;
  • Manter um peso saudável para reduzir a pressão sobre as estruturas do ombro.

Resumo

A bursite subacromial é uma condição inflamatória que afeta a bursa subacromial, podendo causar dor e limitação da movimentação do ombro. Movimentos repetitivos, lesões, envelhecimento e postura inadequada são algumas das causas dessa condição. A massagem terapêutica, aliada a outras medidas como repouso, aplicação de compressas e exercícios de fortalecimento, pode ser uma opção eficaz para aliviar as dores e melhorar a qualidade de vida de quem sofre com a bursite subacromial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para aprimorar a escolha das informações que são mais importantes para você.